Peças e Ferramentas

Saiba como realizar a revisão e troca do sistema de freio do kart

O Portal KartOnline como de costume, traz ao kartista brasileiro informações que aliam técnica e profissionalismo, tanto ao ambiente do kart de lazer, como em competições oficiais. O KO, através do Dr. Kart (Edson Caliman) exploram para você kartista, uma breve matéria informativa, onde vamos passo-a-passo, detalhando uma revisão rápida do sistema de freio. Veja abaixo um guia completo sobre freios: seu uso, manutenção e peças técnicas.

COMPOSTO TÉCNICO DAS PASTILHAS DE FREIO

 

Então vamos lá, seguir alguns itens de revisão, mas primeiro vamos falar sobre pastilhas de freio e suas características, onde podemos através delas tirar alguns bons décimos de segundo na pista, e para isso vamos explicar sobre materiais e suas condições de construção, dando uma idéia de como usar e qual usar.
 
As pastilhas de freios são construídas em composições METÁLICAS, ORGÂNICAS, CERÂMICAS, essas são as formulas  mais usadas, sem contar que para alguns casos como na fórmula 1, encontramos nas composições químicas fibra de carbono, não é o caso do kart, mas nas 3 configurações que citamos anteriormente, já podemos ter bons resultados em pista, vale lembrar que estamos falando de componentes atuais no Brasil, e que está ao alcance de todos para comprar nas lojas de peças para kart, sabendo que já existe conjuntos na Europa bem mais desenvolvido para tal, e que não vai ser o custo tão apropriado para quem quer lazer, ou praticar o kart em competições esporádicas.
 
As pastilhas de composição METÁLICA, tem um alto atrito e boa performance térmica, porem o seu desgaste é mais rápido, e pode provocar ruídos, por ser fabricada com base em materiais metálicos, mas é o que tem em comum no comércio.
 
As pastilhas de composição ORGÂNICA, tem um médio atrito e tem uma boa performance térmica, porem traz um desgaste pequeno com o disco, fazendo que o seu efeito total seja depois algumas ações de atrito, tento um bom comportamento de ação.
 
As pastilhas de composição CERÂMICA, tem uso especifico em competição, podendo ser usada em carros de performance melhorada, trazendo mais rapidez ao frear, reduzindo a distancia de parada, mas tem essa pastilha o efeito total em uma reação térmica na sua alta capacidade de temperatura em uso, ao frear, dando um certo desconforto para quem use em carros para o dia dia, por isso é usada mais em competição onde o freio, tem sua função de levar o carro ou kart o mais próximo possível dentro da curva, sem prejudicar o traçado imposto, ao melhor tempo de pista, ao piloto.
 
OBSERVAÇÃO: existem algumas pastilhas no mercado com composição a base de titanium, já em linha de uso em veículos de rua, a sua composição tem como objetivo um melhor assentamento ao disco e com menor ruído metálico ao frear. Não esquecer que hoje as pastilhas não tem o ASBESTO (AMIANTO) por ser cancerígeno.

REVISÃO E MANUTENÇÃO

 

Em falar de freio, não esquecer do fluido, REVISAR E TROCAR A CADA REVISÃO DO SISTEMA, vale lembrar que o fluido é parte integrante da força aplicada sobre as pastilhas atraves da sua pressão, e tem que ser observado e muito a temperatura do mesmo (EBULIÇÃO), onde o fator de atrito entre pastilhas e disco, são os vilões da perda do pedal, então kartista que tem seu kart parado a muito tempo, cuidado ao ir para a pista, revise bem os freios.
 
O fluído tem a regra em temperatura para aplicação, sendo aplicado em DOT (DEPARTMENT OF TRANSPORTATION) onde determina o grau de temperatura do líquido de freio, onde temos os seguintes graus:
 
DOT 3 ebulição acima de 205 oC
DOT 4 ebulição acima de 230 oC
DOT 5 ebulição acima de 260 oC
 
OBSERVAÇÃO: o mais usado em competição é o DOT 5, por ser o que mais tem características de temperatura alta, e como em competição o sistema é usado em seu total rigor nada mais justo do que garantir uma boa corrida ou treino, não é mesmo? Uma dica é que com o kart muito tempo parado, o fluído fica contaminado e provoca corrosão ao conjunto, desde cilindro mestre ao cilindro de roda, por isso uma boa revisão nas partes móveis são fundamentais, não esquecea este detalhe na hora da revisão dos freios do kart.
 
Bom, já deu para ter uma idéia das propriedades aplicadas no sistema de freio do kart, e suas características, então vamos em um roteiro dar uma dica de como revisar o sistema:
 
1- esgotar todo o óleo de freio do sistema
2- desmontar todo o sistema retirando os componentes do chassis, lavando todo os componentes com querosene.
3- desmontar os conduites o cilindro mestre e pinça
4- retirar o disco do eixo, junto com o suporte
5- revisar varão de acionamento do pedal de freio, e revisar cabo de segurança, substituir se for o caso, OBS, olhar bem o varão e ruptura do cabo de segurança.
6- desmontar o cilindro mestre e revisar reparos, e olhar se não há corrosão nas paredes do cilindro mestre, caso tenha corrosão substituir o cilindro por um novo, que seja original da marca do chassis.
7- desmontar a pinça de freio e fazer o mesmo procedimento de revisão do cilindro mestre, e não esquecer de observar bem os reparos de borrachas, em relação a desgastes.
8- medir a espessura do disco de freio, se não há trincas tanto no disco como no suporte do mesmo, caso tenha, substituir os dois. OBS o disco não pode ter mais que 1mm de desgaste nos dois lados do mesmo
9- Substituir as pastilhas de freio, se for o caso, e se for competir optar por uma pastilha de melhor performance, mas não esqueça, que a pastilha de liga diferenciada só tem efeito depois de algumas freadas,  provocando o aquecimento correto para uso, então, atenção nas primeiras voltas ok?
10- revisar os conduítes se não há trincas e os conectores de roscas espanados, caso seja preciso, troque por originais da marca do chassis.

 

Feito toda a revisão, remontar todo o sistema, sangrar, alinhar o cubo e disco em relação a pinça de freio, regular altura do pedal, verificar se não há vazamento de fluido ao pisar no freio, e sangrar bem todo o sistema para ter certeza que não há bolhas de ar no freio, provocando um pedal não muito seguro quanto a sua eficiência. OBS; usar óleo DOT 5 para maior segurança e eficiência do freio.
 
Bom, feito todo o reparo, e revisado, é só ir para pista. Sabendo que a segurança está em primeiro lugar, como explicamos no início da matéria, não é só MOTOR, CARBURADOR, CHASSIS E PNEUS, tem o freio que é muito importante, e pelo que temos visto, o fator freio parece que não é lembrado muito, pois dizem que o cara tem que ACELERAR, mas e na hora de parar - quem faz a vez?
 
O Portal KartOnline através da sua equipe técnica ficou o tema sistema de freio, composto pelo jogo de pastilhas e suas características, como o óleo de freio, recomendações técnicas, revisão dos componentes e peças dos conjuntos. Qualquer informação adicional, envie para drkartonline@kartonline.com.br | O Portal KartOnline surgiu, justamente para elevar o nível do conhecimento técnico e profissionalizar alguns pilares do kartismo brasileiro, ajudando em todos os sentidos, através de matérias e entrevistas, coberturas de campeonatos nacionais e internacionais, fotos especiais e a TV KartOnline - sempre buscando o melhor quando se do assunto kart!

Por Edson Caliman, colunista técnico e apresentador do quadro Dr. Kart na TV KartOnline dentro do Portal KartOnline, kartista amador nas décadas de 80/90, piloto de testes da FIAT Brasil nos anos de 70/80. Email: drkart@kartonline.com.br
Fotos: Leandro Claro


---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Compartilhe essa página:
e-mail | comente | erros? | a+  a- | rss |  twitter | Bookmark and Share

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Leia também:

  1. Conheça as rodas Douglas para as categorias Mirim e Cadete
  2. Veja os detalhes dos novos carburatores de kart da Tillotson
  3. Elto Racing realiza a homologação de 3 silenciadores na CIK-FIA
  4. Mega Kart anuncia o lançamento de suas novas rodas para kart
  5. Mega Kart lança novas coroas em aço inox polido
  6. Confira a lista de óleos lubrificantes homologados pela CIK-FIA
  7. Fabricante Techspeed homologa o filtros KG no Brasil

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Links Patrocinados


---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Propaganda -